Blog

Feriadão: foco na produtividade e dicas para repor as energias.

Hoje é feriado e a primeira palavra que vem à mente é descanso. Descansar é fundamental para a produtividade, pois precisamos de pausas para, em seguida, expressar a eficiência de qualquer negócio. Aproveitar períodos de folga e férias, desligar-se do trabalho, faz parte do processo de recarga de energias para elevar a criatividade.

Quem não vai ter feriado prolongado pode confundir descanso com “ficar largado” no sofá ou dormir durante o dia todo. “Essa forma de relaxar também ajuda, mas o ideal é que você dê um estímulo diferente ao seu organismo. Algo que saia da rotina”, explica a psicóloga Aristella Lemos.

Feriado Produtivo

A psicóloga organizacional, Aristella Lemos, explicou que durante o feriado em casa você pode aproveitar para se informar sobre assuntos de trabalho. “Um dia é pouco para dar conta de assuntos pessoais e ainda pensar em trabalho, mas tem como ouvir um podcast no caminho da praia ou ler um livro enquanto as crianças brincam no parque”, explica a profissional.

Outra forma de ter um feriado produtivo é aproveitar o momento para fazer uma autoanálise. “Quando você pára e avalia sua rotina, vê se seus objetivos estão alinhados com seus projetos e se a sua vida está alinhada a seus valores”, aconselha a profissional.

Se você não tem nada para fazer nesse feriado ou nos próximos,  pode aproveitar as seguintes dicas:

  1. Teste alguns aplicativos relacionados a trabalho ou produtividade;

  2. Reveja as metas do ano;

  3. Assista filmes ou séries relacionados à sua profissão;

  4. Busque novas formas de conteúdo como um blog, podcast, site, livro etc;

Outras dicas sobre férias produtivas você encontra aqui.

id5_ImgInternaDoBlog_Produtividade


Descanso Necessário

O acúmulo de tarefas, pressão pelo perfeccionismo e foco no trabalho levam ao esgotamento físico e mental. Por isso, a síndrome de Burnout precisa muito ser debatida e discutida nas empresas. Esse mal é reconhecido pela Organização Mundial da Saúde e pelas leis brasileiras como doença ocupacional.

“Essa síndrome vai além do estresse, é como se o corpo e/ou a mente estabelecesse um ponto final e é por isso que o descanso é necessário nos finais de semana, feriados e nas férias”, explica Lemos.

Burnout

O termo burnout vem do inglês “to burn out”, queimar por completo. Ou seja, um desgaste que prejudica os aspectos físicos e emocionais da pessoa. Ele foi criado pelo psicanalista americano Herbert Freudenberger, em 1974, para descrever o problema que ele mesmo enfrentava junto com seus colegas.


Comente

ou logue-se com

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>