Blog

Economia em crescimento: você está preparado?

Podemos afirmar que estamos com a economia em crescimento. Basta acompanhar os noticiários brasileiros. A expectativa dos analistas é de que a situação melhore ainda mais. Para 2018, a estimativa de aumento para a economia brasileira é de 2%, segundo o Boletim Focus divulgado pelo Banco Central em setembro de 2017. Além disso, as previsões também mostraram que a inflação vai voltar a cair.

O período de crise que o país passou, gerou uma série de transformações no mercado de trabalho, reformas nas previdência e trabalhista, assim como o aumento do empreendedorismo. Todas essas transformações fizeram com que o trabalhador buscasse um novo modelo de carreira. Mas, como aproveitar essa melhora para crescer mais profissionalmente?

Primeiro de tudo é aceitar que o mercado mudou, as exigência mudaram e tudo está cada vez mais amplo e globalizado.

“Pessoas capazes de se reinventar possuem mais chances de se destacar nesse novo mercado”, explicou o CEO da Recruitment, Alenilson Barbosa.

As transformações individuais de carreira geraram uma outra tendência. Empresas passaram a contratar profissionais multifuncionais, capazes de encarregar-se por várias funções. “O colaborador precisou desenvolver diversas habilidades para poder permanecer no mercado de trabalho. Por exemplo, profissionais de tecnologia passaram a investir em gestão empresarial. A tendência é que esse perfil comportamental permaneça em alta”, completou o CEO.

interna_voceEstaPreparado_economiaEmCrescimento_blog_recruitment

Para Barbosa, não basta ter a experiência, é preciso ter uma visão ampla, além da função que foi contratado. “Além da qualidade e comprometimento é necessário desenvolver e conhecer processos na linha de trabalho em equipe para que a empresa esteja no mercado de forma competitiva e melhorando a área de atuação. A visão deve ser macro e além das paredes da empresa”.

Gig Economy

Falamos que a crise transformou a economia e por isso, 22 milhões de pessoas passaram a trabalhar de forma autônoma no Brasil. Esse mercado de “freelancers” passou a ser conhecido como Gig Economy. “Esse modelo de economia surgiu após a crise de 2008 nos Estados Unidos e se tornou uma realidade no Brasil. Graças a chegada de empresas como Uber, Airbnb e Amazon”, explicou Barbosa.

Para o CEO essa nova área ainda tem muito o que evoluir. ”Apesar de trazer autonomia e flexibilidade de trabalho, há uma imparcialidade constante quanto a atuação do governo e esse novos modelo”, concluiu.


1 Comentário

  • Igor disse:

    Essa tendência de contratar profissionais multifuncionais engrandece a empresa e o profissional, que se torna mais pro ativo e ganham em experiências.

Comente

ou logue-se com

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>